segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Inferno astral com TPM, é foda mesmo!
não vejo a hora de passar esse dia 05/10, que além de ser meu aniversario é dia de eleições 2008.
lá vai eu justificar o voto mais uma vez, pois como voto em Recife e num vou passar meu titulo tão cedo para o Crato...

Assim como Recife o Crato tem muito o que se vê...


Na chapada do Araripe eu louvo o povo do Cariri... (clube serrano-crato)

quinta-feira, 25 de setembro de 2008


Sabe aqueles dias em que você fica fazendo exames de consciência?
Vendo o que foi que fez e o que não fez?
Pois é esse dia foi hoje, lembrei das duas únicas oportunidades de Deus me deu para ir embora pra Sampa e morar logo com o SU, mas eu desperdicei as duas. E agora realmente eu não sei o que faço, penso muito nos outros e esqueço de mim.
E também sei que ele vem em janeiro, mas eu não quero estar aqui para vê-lo.
Também estarei de férias e vou ao Recife, ver se desopilo por lá.
Mas como diz a musica de seu Jorge a Ana Carolina, É ISSO AI.

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

MEU PREFEITO JOÃO PAULO




A cara da minha infância...


Me alimentaram

Me acariciaram

Me aliciaram

Me acostumaram


O meu mundo era o apartamento

Detefon, almofada e trato

Todo dia filé-mignon

Ou mesmo um bom filé...de gato

Me diziam, todo momento

Fique em casa, não tome vento

Mas é duro ficar na sua

Quando à luz da lua

Tantos gatos pela rua

Toda a noite vão cantando assim

Nós, gatos, já nascemos pobres

Porém, já nascemos livres

Senhor, senhora ou senhorio

Felino, não reconhecerás

De manhã eu voltei pra casa

Fui barrada na portaria

Sem filé e sem almofada

Por causa da cantoria

Mas agora o meu dia-a-dia

É no meio da gataria

Pela rua virando lata

Eu sou mais eu, mais gata

Numa louca serenata

Que de noite sai cantando assim

Nós, gatos, já nascemos pobres

Porém, já nascemos livres

Senhor, senhora ou senhorio

Felino, não reconhecerás

segunda-feira, 22 de setembro de 2008


TRÊS


Ana Carolina


Um

Foi grande o meu amor

Não sei o que me deu

Quem inventou fui eu

Fiz de você meu sol

Da noite primordial

E o mundo fora nós

Se resumia a tédio e pó

Quando em você

Tudo se complicou


Dois

Se você quer amar

Não basta um só amor

Não sei como explicar

Um só sempre é demais

Pra seres como nós

Sujeitos a jogar

As fichas todas de uma vez

Sem temer naufragar

Não há lugar pra lamúrias

Essas não caem bem

Não há lugar pra calúnias

Mas por que não nos reinventar?


Três

Eu quero tudo que há

O mundo e seu amor

Não quero ter que optar

Quero poder partir

Quero poder ficar

Poder fantasiar

Sem nexo e em qualquer lugar

Com seu sexo junto ao mar.

FIM DE SEMANA


sádado passei o dia todo com meu mais novo sobrinho Augusto, mas a tarde foi tudo, veio Samara, sui. joão paulo e minha madrinha ver o Augusto.

foi bom demais, fazia muitoooooooo tempoooooooo que eu não ria tanto.

GRAÇAS A DEUS VOLTAMOS AS BOAS.

SAMARA MINHA PRIMA EU TE AMO MUITO!!!
e minha irmã esta muito bem também, apesar de ter sido uma cesariana!!!
te amo também dinda!

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

AINDA 17 DE SETEMBRO


precisamente as 21:40 nasce meu mais novo sobrinho AUGUSTO- Do latim "O venerado","O sublime","O máximo".

O guto da tia!!



mais um XENOFONTE para aperriar.

segunda-feira, 15 de setembro de 2008


estou amando ler o livro ensaio sobre a cegueira.

pense num livro maravilhoso, estou ansiosa para ver o filme de Fernando Meireles.


quem tiver oportunidade de ler, LEIA!!!

Dia de Nossa Senhora das Dores


Ó Mãe das Dores.

Rainha dos mártires, que tanto chorastes vosso Filho, morto para me salvar, alcançai-me uma verdadeira contrição dos meus pecados e uma sincera mudança de vida.

Mãe pela dor que experimentastes quando vosso divino Filho, no meio de tantos tormentos, inclinando a cabeça expirou à vossa vista sobre a cruz, eu vos suplico que me alcanceis uma boa morte.

Por piedade, ó advogada dos pecadores, não deixeis de amparar a minha alma na aflição e no combate da terrível passagem desta vida a eternidade.

E, como é possível que, neste momento, a palavra e a voz me faltem para pronunciar o vosso nome e o de Jesus, rogo-vos, desde já, a vós e a vosso divino Filho, que me socorrais nessa hora extrema e assim direi: Jesus e Maria, entrego-Vos a minha alma. Amém.

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

A TORRE FULMINADA



Eliminando o que não serve mais

O arcano XVI emerge como arcano conselheiro para este momento de sua vida, Helena, sugerindo que é chegado um importante momento em sua existência: o tempo para romper com tudo aquilo que não lhe serve mais e que você preservava apenas por manutenção de fachadas. Estas coisas que precisam ser eliminadas podem ser (e geralmente são) internas e têm a ver com hábitos, modelos mentais e expectativas falsas. Mas podem ser também relacionamentos falidos, projetos que não dão em nada, ou seja, qualquer coisa que não faz mais nenhum sentido em sua vida e que você talvez não tenha ainda a coragem de eliminar. Todavia, é preciso agir, caso contrário a negatividade se tornará pior. Enfrente com coragem este momento de varredura radical!

começei o dia vindo para fundetec cedissimo!

muita coisa para fazer e eu preciso sair mais cedo, pois vou para caatingueira!!!!!!!

tô atacada hoje pra porra e ai eu empurro a cara no CAFÉ, já tomei umas 10 xicaras e olhe que elas não são pequenas...

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

LEMBRANÇA




Lembro de quando saíamos pela manhã e voltamos no crepúsculo
Lembro de como eu fazia exatamente tudo para lhe agradar
Lembro de quando me pedia para fazer seu prato preferido
Lembro de todos os nossos planos para o futuro
E hoje lembro que nada deu certo
Lembro que você me abandonou quando eu mais precisava de ti
E lembro, lembro de você todos os dias da minha vida!

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Parabéns Kelson!!!!!!!!!!


Soneto de aniversário
Passem-se dias, horas, meses, anos

Amadureçam as ilusões da vida

Prossiga ela sempre dividida

Entre compensações e desenganos.

Faça-se a carne mais envilecida

Diminuam os bens, cresçam os danos

Vença o ideal de andar caminhos planos

Melhor que levar tudo de vencida.

Queira-se antes ventura que aventura

À medida que a têmpora embranquece

E fica tenra a fibra que era dura.

E eu te direi: amiga minha, esquece...

Que grande é este amor meu de criatura

Que vê envelhecer e não envelhece.

Lorscheider meu amor, minha vida!!!!







Minhas irmãs, meu tesouro!!!




segunda-feira, 8 de setembro de 2008



Dia de alivio

pela manhã alivio geral.
graças a Deus e aos santos que aperriei nesses dias.
logo pela manhã um telefonema
o próprio, mas tranquilo.
até lembrei de telefonema da Aline
vou pôr abaixo
pareceia que eu estava me vendo nesse telefonema:
Ao telefone
Assim ela já vai
Achar o cara que lhe queira
Como você não quis fazer
Sim , eu sei que ela só vai
Achar alguém pra vida inteira
Como você não quis

- Alô?- Oi, sou eu. Tudo bem?
- Eu quem?
- Eu, ué. Já não lembra mais da minha voz?
- Ah, oi. (suspira) Bem, e você?
- Você esqueceu rápido a minha voz, hein?
- Não acho. E aí?

Tão fácil perceber
Que a sorte escolheu você
E você cego nem nota
Quando tudo ainda é nada
Quando o dia é madrugada
Você gastou sua cota

- Tudo bem. Novidades?
Voltou mesmo a estudar?
- Voltei, sim. Tudo quase na mesma.
- Soube que você voltou a estudar e ainda não tá trabalhando.
- É por aí mesmo.
- Por que tão seca comigo? Algum problema?
- Problema nenhum... E não estou seca, estou normal.
- Então antes você não me tratava normalmente?
- Tratava diferente, talvez. Mas não de forma anormal.
- Preferia antigamente... Você era bem mais simpática e carinhosa, agora tá parecendo uma atendente de telemarketing.
- Se eu falasse 'vou estar voltando a estudar e vou estar trabalhando em breve', aí sim pareceria uma atendente de telemarketing. Não falo errado e você sabe disso.
- Quis dizer quanto à frieza, porra (irritado). Parece que nem me conhece, que tá falando com um estranho!
Não posso te ajudar
Esse caminho não há outro
Que por você faça
Eu queria insistir
Mas o caminho só existe
Quando você passa

- Não falo com estranhos ao telefone, então nem tenho como comparar.
- Ah, não fala com estranhos? Então quando ligam do banco ou pra vender alguma coisa, você simplesmente desliga o telefone na cara das pessoas, é isso? (falando alto)
- Não, mas é diferente. Você entendeu. Não complica, eu hoje não tou a fim de complicar. (sem alterar o tom de voz)
- É, eu notei, não tá a fim de falar também...
- Mas não estou falando com você, cacete? (impaciente)
- Calma, não precisa se estressar...- Não tou estressada, mas daqui a pouco você consegue, se continuar assim.

Quando muito ainda é pouco
Você quer, infantil e louco
Um sol acima do sol
Mas quando sempre é sempre nunca
Quando ao lado ainda é muito mais
longeQue qualquer lugar

- Tá bem, parei. De resto, tudo bem?
- Tudo, já disse. Tudo bem e tudo velho, fora o novo. (suspira) E você?- Ah, comigo tudo ótimo! Eu tou num trabalho nov...
- (corta) Ah, que bom pra você.
- Porra, nem deixa eu terminar. Achei que você ia gostar de falar comigo, tem tempo que a gente não se fala, eu tava com saudades...
- (gargalhadas) Ah, tá bom, então. Fala aí...
- Deixa pra lá. Já vi que você não quer mesmo falar comigo e tá sendo educada só.
- Hmm.

Se a sorte lhe sorriu
Porque não sorrir de volta?
Você nunca olha à sua volta
Não quero estar sendo mal
Moralista ou banal
Aqui está o que me afligia

- Tá bem então. Não foi um prazer falar com você hoje, viu, mas qualquer dia eu tento de novo.
- Ok então, beleza. Beijo e boa noite.
- Posso ligar qualquer hora dessas?
- Desde que não seja de madrugada ou aos sábados antes das onze da manhã, fique à vontade.
- É, eu sei o quanto você detesta as manhãs. Eu lembro que...
- (corta) Tchau, um beijo, a gente se fala.(desliga)

Que pena ela já vai
Achar o cara que lhe queira
Como você não quis fazer
Sim , eu sei que ela só vai
Achar alguém pra vida inteira
Como você não quis...
(trechos de Acima do Sol - Skank)

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Começo dos Festejos de São Miguel


Oração de São Miguel
São Miguel Arcanjo, defendei-nos neste combate;
sede nosso auxílio contra as maldadese ciladas do demônio,
instante e humildemente vos pedimos
que Deus sobre ele impere e vós,
Príncipe da milícia celeste
com esse poder divino
precipitai no inferno a Satanás
e aos outros espíritos malignos
que vagueiam pelo mundo para perdição das almas.
Amém.

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Aniversário de uma pessoa que eu GOSTO MUITO!


parabéns Océlio




Feliz Aniversário, Meu Amigo!!!

Gostaria de escrever uma mensagem bem legal, mas bem legal mesmo!

Diferente de tudo que existe.

Uma mensagem sem rasuras ou uma única gota de tristeza molhando suas letras.

Que ao lê-la seu coração pulsasse mais rápido, teus olhos brilhassem mais e seus lábios pudessem sorrir, comovidos.

Uma mensagem simples, mas espontânea, que te deixasse um pouco mais feliz e realizado! Queria encher o seu "e-mail" de estrelas, de sorrisos, ao nível do teu merecimento.

Queria pôr dentro do seu "e-mail" todos os corações que te amam incondicionalmente.

É muita pretensão, mas eu queria isto tudo, porque gosto muito de você.

Que esta felicidade que te desejo hoje te acompanhe sempre, para todo o sempre.

Que bom que você existe.E como é maravilhoso ser seu amigo.

Quero que Deus subscreva, Sorrindo,tudo o que acabei de escrever...!

Que a Paz de Deus sempre te ilumine.

Feliz aniversário, meu amigo!






Novamente minha aula FAVORITA

aula de literatura
enquanto os demais 60 alunos basicamente dormiam eu cada minuto mais e mais curiosa em relação a tanta coisa linda e boa.
passamos do trovadorismo para o humanismo e realmente o mundo da literatura é fascinante.***

Cantiga sua partindo-se

João Ruiz de Castelo Branco

Senhora, partem tão tristes
meus olhos por vós, meu bem,
que nunca tão tristes vistes
outros nenhuns por ninguém.
Tão tristes, tão saudosos,
tão doentes da partida,
tão cansados, tão chorosos,
da morte mais desejosos
cem mil vezes que da vida.
Partem tão tristes os tristes,
tão fora d’esperar bem,
que nunca tão tristes vistes
outros nenhuns por ninguém.

terça-feira, 2 de setembro de 2008

perto do natal

caramba um momento de sem ter o que fazer aqui na fundação, andei vendo os blogs de outras pessoas e vi como já esta perto do NATAL e chega deu uma friezinha na barriga. é o ano realmente passou voando, daqui a pouco faz 1 ano que eu estou morando sozinha.

GOSTOSO COMO A VIDA PODE SER!


depois de um feriado prolongado desses...
sei que ainda estou cansada.
passei o fim de semana todo escuatando meus novoc cds de paulinho moska e os britos e estou apaixonada pela musica do moska


SEM DIZER ADEUS

Eu Chorei até ficar debaixo dÂ’água
Submerso por você
Gritei até perder o ar
Que eu já nem tinha pra sobreviver (Eu andei...)
Eu Andei até chegar no último lugar
Pisado por alguém
Só pra poder provar
O que era estar depois do final do além (Eu andei...)
E cheguei exatamente onde algum dia
Você disse que partia pra nunca mais voltar
E eu já estava lá a te esperar sem dizer adeus
Eu Fiquei sozinho até pensar
Que estar sozinho é achar que tem alguém
Já me esqueci do que não fiz
O que farei pra te esquecer também?
Se eu não sei o nome do que sinto
Não tem nome que domine o meu querer
Não vou voltar atrás
O chão sumiu a cada passo que eu dei (Eu andei...)