quarta-feira, 10 de setembro de 2008

LEMBRANÇA




Lembro de quando saíamos pela manhã e voltamos no crepúsculo
Lembro de como eu fazia exatamente tudo para lhe agradar
Lembro de quando me pedia para fazer seu prato preferido
Lembro de todos os nossos planos para o futuro
E hoje lembro que nada deu certo
Lembro que você me abandonou quando eu mais precisava de ti
E lembro, lembro de você todos os dias da minha vida!

Nenhum comentário: