segunda-feira, 28 de julho de 2008


andei remexendo no meu passado, lendo os meus velhos e-mails e me machucando com as coisas que passei de ruim quando estava com você.

a ferida ainda não cicatrizou, mas eu sei que vai, um dia vai.


quinta-feira, 24 de julho de 2008

Me faz bem

Me faz bem Esse jeito de se enroscar
De chegar mansinho e se aninhar,
De me fazer seu par
Me faz bem Esse jeito bom de gostar,
Viajar veredas que são mistério maior Que o fundo do mar Bem... Me faz bem, Arrepio de imaginar, Me perder no lume do teu olhar, Respirar, tocar O teu corpo solto no cio Me faz bem Ser o velho lobo do mar Que não cansa de navegar Pois muito tesouro existe por lá Me faz bem teu jeito de amar Tens mais mistérios do que o mar Me faz bem Ser o velho lobo do mar Que não cansa de navegar Pois muito tesouro existe por lá Me faz bem teu jeito de amar Tens mais mistérios do que o mar

segunda-feira, 21 de julho de 2008


"Que é que eu vou fazer pra te esquecer?

Sempre que já nem me lembro, lembras pra mim

Cada sonho teu me abraça ao acordar

Como um anjo lindo

Mais leve que o arTão doce de olhar

Que nenhum adeus pode apagar...

Que é que eu vou fazer pra te deixar?

Sempre que eu apresso o passo, passas por mim

E um silêncio teu me pede pra voltar

Ao te ver seguindo

Mais leve que o ar

Tão doce de olhar

Que nenhum adeus pode apagar

Que é que eu vou fazer pra te lembrar?

Como tantos que eu conheço e esqueço de amar

Em que espelho teu, sou eu que vou estar?

A te ver sorrindo

Mais leve que o ar

Tão doce de olhar

Que nenhum adeus vai apagar..."

quinta-feira, 17 de julho de 2008


Ah como eu queria sumir nesse dia, tem dias em que nada dá certo e hoje foi assim!

quis, pensei, sonhei em voltar para Recife, mas...

infelizmente como sempre eu fiz tudo errado!

cheguei em casa e desabei pensando em tudo de ruim que eu já fiz nessa vida e o quanto paguei e tô pagando.

mas é assim mesmo. aqui se faz, aqui se paga!

quarta-feira, 16 de julho de 2008

DIA DE NOSSA SENHORA DO CARMO


Ó bendita e imaculada Virgem Maria, honra e esplendor do Carmelo!

Vós que olhais com especial bondade para quem trás o vosso bendito escapulário, olhai para mim benignamente e cobri-me com o manto de vossa fraqueza com o vosso poder, iluminai as trevas do meu espírito com a vossa sabedoria, aumentai em mim a fé, a esperança e a caridade. Ornai minha alma com a graça e as virtudes que a tornem agradável ao vosso divino Filho. Assisti-me durante a vida, consolai-me na hora da morte com a vossa amável presença e apresentai-me à Santíssima Trindade como vosso filho e servo dedicado; e lá do céu, eu quero louvar-vos e bendizer-vos por toda a eternidade. Nossa Senhora do Carmo libertai as benditas almas do purgatório. Amém.

quinta-feira, 10 de julho de 2008

MENINA DOS OLHOS DO MAR


Minha cidade menina dos olhos do mar

dos rios que levam meu coração do sol que começa a raiar

é por você que eu peço na minha loa por essa gente tão boa

abre um sorriso e canta

Minha cidade das vilas, dos manguezais dos altos e dos coqueiros da fé que move o futuro

oh, Conceição, Senhora, abençoai essa cidade que só quer crescer e ser feliz

Recife eu te dou meu coração... Recife eu te dou

Olha o Recife da grande festa popular dos bravos guerreiros que a história nos deu dos arranha-céus e sobrados

É pra você que a gente oferece a loa por essa terra tão boa abre a janela e canta

Minha cidade menina dos olhos do mar dos mascates, dos mercados das pontes dos tempos de Holanda

oh, Conceição, senhora, abençoai o meu Recife que só quer crescer e ser feliz

Teus bairros mostram a coragem residente e reflete a luta no olhar dessa gente humilde que procura vencer ensina ao Recife e ao mesmo tempo aprender minha cidade em evidência, silêncio e harmonia com a beleza da noite e a intensidade do dia vamos lembrar dos mestres e poetas vamos lembrar dos que fizeram do Recife essa festa vamos lembrar frei caneca, Ascenço Ferreira Nelson Ferreira, Brennand, Canibal, Capiba, João Cabral, Chico Science, Josué, vamos lembrar dos batutas de São José Mestre Salú, Ariano, Zero Quatro, Roger daqui do Alto Zé do Pinho, mandando prá você da Nação Zumbi, Nação Pernambuco, mangaba, faceta, Faces do Subúrbio... é o Recife que o povo daqui descobriu do marco zero para o ano 2000 Recife eu te dou meu coração meu coração vai nas águas do rio...

Presentinho de Pachelly Jamacaru


Meu maninho junior


EU TE AMO

chico buarque


Ah, se já perdemos a noção da hora

Se juntos já jogamos tudo fora

Me conta agora como hei de partir

Ah, se ao te conhecer

Dei pra sonhar, fiz tantos desvarios

Rompi com o mundo, queimei meus navios

Me diz pra onde é que inda posso ir

Se nós nas travessuras das noites eternas

Já confundimos tanto as nossas pernas

Diz com que pernas eu devo seguir

Se entornaste a nossa sorte pelo chão

Se na bagunça do teu coração

Meu sangue errou de veia e se perdeu

Como, se na desordem do armário embutido

Meu paletó enlaça o teu vestido

E o meu sapato inda pisa no teu

Como, se nos amamos feito dois pagãos

Teus seios ainda estão nas minhas mãos

Me explica com que cara eu vou sair

Não, acho que estás te fazendo de tonta

Te dei meus olhos pra tomares conta

Agora conta como hei de partir.

quarta-feira, 9 de julho de 2008

sexta-feira, 4 de julho de 2008

AMO VOCÊS.
















O filho que eu quero ter


É comum a gente sonhar, eu sei, quando vem o entardecer

Pois eu também dei de sonhar um sonho lindo de morrer

Vejo um berço e nele eu me debruçar com o pranto a me correr

E assim chorando acalentar o filho que eu quero ter

Dorme, meu pequenininho, dorme que a noite já vemTeu pai está muito sozinho de tanto amor que ele tem

De repente eu vejo se transformar num menino igual à mim

Que vem correndo me beijar quando eu chegar lá de onde eu vim

Um menino sempre a me perguntar um porque que não tem fim

Um filho a quem só queira bem e a quem só diga que sim

Dorme menino levado, dorme que a vida já vem

Teu pai está muito cansado de tanta dor que ele tem

Quando a vida enfim me quiser levar pelo tanto que me deu

Sentir-lhe a barba me roçar no derradeiro bei..jo seu

E ao sentir também sua mão vedar meu olhar dos olhos seus

Ouvir-lhe a voz a me embalar num acalanto de adeus

Dorme meu pai sem cuidado, dorme que ao entardecer

Teu filho sonha acordado, com o filho que ele quer Ter.

SAUDADES...


depois de um dia tão bom, veio um dia muito ruim, pois minhas queridas amigas lusia e fatima perderam a pessoa mais preciosa da vida delas a MÃE.

Dona Penha onde a senhora estiver olhe por todos os seus filhos. eu senti muito, pois além de mãe das minhas amigas ela era a cara da minha mãe.
sei que a senhora está em um bom lugar, sem dores e perto de jesus e nossa senhora!

quinta-feira, 3 de julho de 2008

Gostoso como a vida deve ser...


Fazia muuuuuuito tempo que eu não ria tanto, depois de um dia estressante na fundação fomos ao CINEMA, assistir ao filme POLARÓIDES URBANAS.

Foi maravilhoso, e há tempos eu não ria tanto.

depois samara, lorscheider e eu fomos ao SALLON CHOPERIA, já que era a tão famosa quarta-feira do chopp. lá tudo de bom! e como meu irmão é um dos garçons a mesa foi exclusiva enfrente do telão para vermos ao jogo do flu.
e eu paquerando o maravilhoso do RAUL. AI AI